Pular para o conteúdo principal

ESPAÇO ACADÊMICO

A IMPORTANCIA DA TRIAGEM NEONATAL “TESTE DO PEZINHO” NO ESTADO DE MINAS GERAIS




Segundo Brasil (2004) quase oito milhões de crianças em todo mundo nascem com algum defeito genético, por isso este teste é tão importante porque diagnostica precocemente algumas doenças que não apresentam sintomas e, sem tratamento adequado pode causar sérios danos à saúde do bebe, inclusive retardo mental grave e irreversível. Com essa série de exames detecta muitas doenças, sendo as doenças abordadas nesta pesquisa: Fenilcetonúria, Hipotireoidismo Congênito, Anemia Falciforme e Fibrose Cística, doenças da qual o Ministério da Saúde oferece a cobertura com Programa Nacional de Triagem Neonatal.

Baixe a monografia completa gratuitamente!

O material tem procedência comprovada e está devidamente registrado, sendo proíbido seu uso para fins de cópia, o mesmo é um excelente meio de pesquisa que deve ser apreciado.

Agradecemos à NATASHI KARINA VILLAS BOAS pela colaboração e colocamos o blog Enfermagem simples a disposição de todos que desejem contribuir com materiais.





HUMANIZAÇÃO NO ATENDIMENTO Á CRIANÇA HOSPITALIZADA



O presente trabalho tem como objetivo demonstrar as necessidades de promover um cuidado de maneira humanizada á criança hospitalizada e aos seus familiares, visando contribuir para a melhoria da assistência de enfermagem na clínica pediátrica. Nas literaturas revisadas, verifica-se que o processo de humanizar a assistência de enfermagem é uma preocupação desde os tempos de Florence. Este estudo enfoca o enfermeiro como responsável administrativo e social dentro da instituição de saúde tendo como meta o treinamento e o incentivo para que ele e sua equipe desenvolvam as técnicas que facilitem a prática do cuidado humanizado, não deixando que a mecanização da assistência possa comprometer o atendimento humanizado, e a se conscientizarem que a evolução tecnológica pode contribuir para a prática do cuidado humanizado. A equipe de enfermagem deve estar ciente que deve agir com sentimentos, atuando, ouvindo e respeitando o paciente pediátrico e seus familiares para a melhoria da qualidade da assistência, contribuindo para que novos modelos sejam adotados, nos quais o processo de humanização tenha lugar garantido dentro do ambiente hospitalar em especial o ambiente pediátrico.
Baixe a monografia completa gratuitamente!

O material tem procedência comprovada e está devidamente registrado, sendo proíbido seu uso para fins de cópia, o mesmo é um excelente meio de pesquisa que deve ser apreciado.

Agradecemos a Dra.Tatiane de Cácia Ribeiro pela colaboração e colocamos o blog Enfermagem simples a disposição de todos que desejem contribuir com materiais.




ANTICONCEPÇÃO NA ADOLESCÊNCIA



A adolescência é o período da vida em que o indivíduo perde os direitos e privilégios de ser criança e passa a assumir as responsabilidades de adulto. Nesse período a criança passa por transformações físicas, psicológicas, emocionais e sexuais, que a transformarão em um adulto. ( COLLI, 2003 )
A diminuição da idade da menarca tem sido um dos fatores apontados para o aumento da fecundidade e conseqüentemente faz com que as mulheres tenham capacidade reprodutiva mais precocemente. Porém, segundo Diaz & Diaz ( 2005 ), o fator mais importante é o aumento e a precocidade da atividade sexual.
Diversos fatores como: falta de informação adequada, fatores sociais, falta de serviços de saúde adequados e específicos para essa faixa etária, têm levado grande parte dos adolescentes a iniciar sua vida sexual sem usar anticoncepção, apesar de não desejarem uma gravidez.( DIAZ & DIAZ, 2005 ).
Baixe a monografia completa gratuitamente!

O material tem procedência comprovada e está devidamente registrado, sendo proíbido seu uso para fins de cópia, o mesmo é um excelente meio de pesquisa que deve ser apreciado.

Agradecemos a Dra. Araci Inez Santos Chaves pela colaboração e colocamos o blog Enfermagem simples a disposição de todos que desejem contribuir com materiais.






Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Enfermagem + Idosos = Cuidados

A atuação de enfermeiros junto ao idoso deve estar centrada na educação para a saúde, no “cuidar”, tendo como base o conhecimento do processo de senilidade. Estar em atento ao retorno das possíveis atividades do idoso e de sua capacidade funcional. O objetivo primordial dos enfermeiros é atentar às necessidades básicas, à dependência e ao bem-estar do idoso. Tal colocação tem como base a assistência de enfermagem tanto na saúde quanto na doença.
Todos os profissionais envolvidos neste trabalho de ajuda ao idoso devem atuar, também, junto a seus familiares, apoiando-os nas decisões, ajudando-os a aceitar as alterações físicas advindas de doenças próprias da idade.

Pois , o idoso pode apresentar vários problemas que levam ao comprometimento da sua reabilitação tais como: Desânimo, depressão, crise de choro e idéia de suicídio, muitas vezes observados durante a consulta de enfermagem. É de extrema importância os enfermeiros, nessas situações, serem sensíveis para detectar tais problemas, i…

Alzheimer: Diagnósticos de Enfermagem e Reabilitação do paciente.

O dia 21 de setembro foi instituído pela ADI (Alzheimer's Disease International), entidade internacional que congrega mais de 75 Associações de Alzheimer no mundo, como dia de sensibilização para a doença.
Doença de Alzheimer - Enfermidade incurável que se agrava ao longo do tempo, mas pode e deve ser tratada. Quase todas as suas vítimas são pessoas idosas. Talvez, por isso, a doença tenha ficado erroneamente conhecida como “esclerose” ou “caduquice”.
A doença se apresenta como demência, ou perda de funções cognitivas (memória, orientação, atenção e linguagem), causada pela morte de células cerebrais. Quando diagnosticada no início, é possível retardar o seu avanço e ter mais controle sobre os sintomas, garantindo melhor qualidade de vida ao paciente e à família. Seu nome oficial refere-se ao médico Alois Alzheimer, o primeiro a descrever a doença, em 1906.
Causa - Não se sabe por que a Doença de Alzheimer ocorre, mas são conhecidas algumas lesões cerebrais características dessa do…

Enfermeiro gay é morto na frente da filha.

Na semana passada, um enfermeiro foi morto a golpes de faca dentro de casa na frente da filha de um ano em São Gonçalo, região metropolitana do Rio. Antes de morrer, a vítima chegou a contar que teve a casa invadida por um homem encapuzado.
Jorge Patrício de Araújo, de 37 anos, que era casado com um homem, havia acabado de adotar a criança. Para os amigos, o crime foi motivado por homofobia.
A DH (Divisão de Homicídios) de Niterói investiga o caso.