Pular para o conteúdo principal

"Vitamina A": nutriente essencial para o crescimento e o desenvolvimento saudável da criança.


Reprodução
A vitamina A é um nutriente essencial para o crescimento e o desenvolvimento saudável da criança e também para o bom funcionamento dos olhos. Ela ajuda a reduzir as chances do pequeno de ter anemia, diarreia, cegueira, além de prevenir a mortalidade infantil. Desde 2005, o Ministério da Saúde trabalha, por meio do Programa Nacional de Suplementação de Vitamina A, para diminuir a deficiência da vitamina no País, já que cerca de 20% das crianças brasileiras apresentam carência.
Segundo a coordenadora geral de alimentação e nutrição do Departamento de Atenção Básica do Ministério da Saúde, Patrícia Jaime, a causa da deficiência de vitamina A está relacionada a maus hábitos alimentares. “Por isso, a Organização Mundial de Saúde (OMS)e o MS preconizam a suplementação preventiva com megadoses de vitamina A, porque com a adequada prevenção poderemos reduzir em 24% a mortalidade infantil e até 28% da mortalidade causada por diarreias”, explica.
O corpo não pode fabricar vitamina A, portanto, toda vitamina A que necessitamos deve provir dos alimentos. Contudo o corpo pode armazenar as porções que ingerimos de modo a termos uma reserva quando necessitamos. Assim, as crianças devem receber duas doses anuais da vitamina A, com intervalo de seis meses entre uma dose e outra. Além da suplementação, elas também podem aumentar a dose de vitamina A no organismo se alimentando de fígado, gema de ovo, leite de vaca; frutas amarelo-alaranjadas: manga, caju, goiaba, mamão e caqui; vegetais amarelos: abóbora e cenoura; vegetais folhosos verdes: espinafre, couve, beldroega, caruru e mostarda; óleos e frutas oleaginosas: buriti, pupunha, dendê e pequi. Amamentar exclusivamente o bebê até o 6º mês e continuar até pelo menos os 2 anos de idade também ajuda a diminuir a deficiência.
O Programa de Vitamina A contempla, a partir de agora, todos os municípios da região Nordeste, 100% dos municípios da região Norte e os municípios da região do Vale do Jequitinhonha e do Vale do Mucuri, em Minas Gerais. Até o final do ano, todos os municípios da região Centro-Oeste, Sul e Sudeste, que fazem parte do Plano Brasil Sem Miséria, irão ser inseridos no Programa. Isso resultará num total de 3.034 municípios participantes do programa e 7,8 milhões de crianças contempladas.
Fonte: Mônica Plaza / Blog da Saúde

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Enfermagem + Idosos = Cuidados

A atuação de enfermeiros junto ao idoso deve estar centrada na educação para a saúde, no “cuidar”, tendo como base o conhecimento do processo de senilidade. Estar em atento ao retorno das possíveis atividades do idoso e de sua capacidade funcional. O objetivo primordial dos enfermeiros é atentar às necessidades básicas, à dependência e ao bem-estar do idoso. Tal colocação tem como base a assistência de enfermagem tanto na saúde quanto na doença.
Todos os profissionais envolvidos neste trabalho de ajuda ao idoso devem atuar, também, junto a seus familiares, apoiando-os nas decisões, ajudando-os a aceitar as alterações físicas advindas de doenças próprias da idade.

Pois , o idoso pode apresentar vários problemas que levam ao comprometimento da sua reabilitação tais como: Desânimo, depressão, crise de choro e idéia de suicídio, muitas vezes observados durante a consulta de enfermagem. É de extrema importância os enfermeiros, nessas situações, serem sensíveis para detectar tais problemas, i…

Alzheimer: Diagnósticos de Enfermagem e Reabilitação do paciente.

O dia 21 de setembro foi instituído pela ADI (Alzheimer's Disease International), entidade internacional que congrega mais de 75 Associações de Alzheimer no mundo, como dia de sensibilização para a doença.
Doença de Alzheimer - Enfermidade incurável que se agrava ao longo do tempo, mas pode e deve ser tratada. Quase todas as suas vítimas são pessoas idosas. Talvez, por isso, a doença tenha ficado erroneamente conhecida como “esclerose” ou “caduquice”.
A doença se apresenta como demência, ou perda de funções cognitivas (memória, orientação, atenção e linguagem), causada pela morte de células cerebrais. Quando diagnosticada no início, é possível retardar o seu avanço e ter mais controle sobre os sintomas, garantindo melhor qualidade de vida ao paciente e à família. Seu nome oficial refere-se ao médico Alois Alzheimer, o primeiro a descrever a doença, em 1906.
Causa - Não se sabe por que a Doença de Alzheimer ocorre, mas são conhecidas algumas lesões cerebrais características dessa do…

Enfermeiro gay é morto na frente da filha.

Na semana passada, um enfermeiro foi morto a golpes de faca dentro de casa na frente da filha de um ano em São Gonçalo, região metropolitana do Rio. Antes de morrer, a vítima chegou a contar que teve a casa invadida por um homem encapuzado.
Jorge Patrício de Araújo, de 37 anos, que era casado com um homem, havia acabado de adotar a criança. Para os amigos, o crime foi motivado por homofobia.
A DH (Divisão de Homicídios) de Niterói investiga o caso.