Pular para o conteúdo principal

Tosse alérgica em crianças exige cuidado especial e pode ser fatal



Edema de glote é risco mais grave no caso de tosses provenientes de alergias


Confundir tosse alérgica com as tosses comuns pode ser fatal para as crianças. A tosse alérgica é uma reação do organismo aos agentes alergênicos externos e, na infância, quando não tratada corretamente e a tempo, pode desencadear uma laringite com edema de glote e levar, inclusive, à morte. Esse é o alerta que faz o Dr. Jamal Azzam, médico otorrinolaringologista pelo Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo e diretor da ‘Clínica Jamal’, ao falar sobre o perigo da obstrução da glote, que é o principal estreitamento da entrada de ar para os pulmões. Ele também comenta que a alta incidência de tosse alérgica em crianças está relacionada aos hábitos da saúde e à rotina.


As crianças de hoje estão mais expostas a inúmeros estímulos que podem desencadear alergias, sejam eles respiratórios ou alimentares. “Frequentemente estão em creches, se alimentam fora de casa, ou adoram comida fast food. Diferente de antigamente, quando ficavam mais tempo dentro de casa, até alcançarem uma idade em que o sistema imunológico estivesse mais maduro e resistente”. Poeira, ar condicionado sem manutenção adequada, umidade, mofo, ou novos corantes e estabilizantes que fazem parte da alimentação, também estão entre os exemplos de situações que podem desencadear as tosses alérgicas.

Tosses corriqueiras podem ser alérgicas. É importante saber identificar

É essencial identificar se a tosse é ou não alérgica. Para algumas pessoas, as tosses podem se tornar tão corriqueiras que a convivência com o sintoma já se torna comum e ele deixa de ser percebido. “Existem casos em que o paciente mantém o processo alérgico durante muito tempo e a tosse se torna crônica. Por isso, cabe a nós, médicos, questionar e detectar esse sintoma e ajudar o paciente a identificar e tratar a situação”.

Segundo o Dr. Jamal, geralmente a tosse alérgica está acompanhada a outros sintomas e sinais de alergia do indivíduo. “Rinite alérgica, dermatite atópica, urticária, ou outros fatores claramente alérgicos podem sugerir que a tosse também seja alérgica”, explica. Nesses casos, a atenção deve ser redobrada, assim como os cuidados com os hábitos alimentares e de higiene dos ambientes respiratórios nos quais o indivíduo convive mais tempo.

Primeiro passo é tratar origem da tosse alérgica. Xaropes são essenciais

“O tratamento da tosse alérgica consiste primeiramente em bloquear a origem do que desencadeia o processo alérgico”. O especialista ressalta que, após isso, os xaropes são recomendados muitas vezes como único tratamento medicamentoso, nos casos em que a tosse é irritativa e alérgica, ou como coadjuvantes em tratamentos de doenças mais graves. Como alternativa para as crianças, o médico considera uma boa opção o tratamento homeopático, por não ter efeitos colaterais indesejáveis. “O acompanhamento da evolução da tosse é fundamental e a ausência de efeitos adversos da medicação homeopática traz muita segurança e conforto ao médico para sua prescrição, independentemente da idade do paciente”, afirma.

Fonte: Barcelona Soluções

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Enfermagem + Idosos = Cuidados

A atuação de enfermeiros junto ao idoso deve estar centrada na educação para a saúde, no “cuidar”, tendo como base o conhecimento do processo de senilidade. Estar em atento ao retorno das possíveis atividades do idoso e de sua capacidade funcional. O objetivo primordial dos enfermeiros é atentar às necessidades básicas, à dependência e ao bem-estar do idoso. Tal colocação tem como base a assistência de enfermagem tanto na saúde quanto na doença.
Todos os profissionais envolvidos neste trabalho de ajuda ao idoso devem atuar, também, junto a seus familiares, apoiando-os nas decisões, ajudando-os a aceitar as alterações físicas advindas de doenças próprias da idade.

Pois , o idoso pode apresentar vários problemas que levam ao comprometimento da sua reabilitação tais como: Desânimo, depressão, crise de choro e idéia de suicídio, muitas vezes observados durante a consulta de enfermagem. É de extrema importância os enfermeiros, nessas situações, serem sensíveis para detectar tais problemas, i…

Revertendo a laqueadura

Mudou de idéia sobre ter filhos? Veja como resolver essa situação

Imagine tomar uma decisão que pode mudar o rumo da sua vida, ou melhor, o rumo da vida de toda a sua família. Agora, imagine que sua vida mude de um dia para o outro e que você se arrependa dessa decisão. Muitas vezes não se pode voltar atrás, mas algumas escolhas podem ser refeitas. Felizmente, a medicina já consegue (pelo menos na maioria das vezes) reverter a laqueadura ou ligadura de trompas.

Optar pela esterilização feminina é um passo importante na vida de um casal, e deve ser muito bem pensado para que não haja arrependimento depois. "Quando a decisão da ligadura é tomada após o casal analisar as inúmeras possibilidades, que devem ser apresentadas pelo médico (término da relação, perda ou doença de filho etc.), o arrependimento tende a ser muito pequeno, daí a importância da informação ao casal. Optar por tal método por imposições de ordem financeira, pressão do cônjuge, instabilidade emocional, certamente ele…

Alzheimer: Diagnósticos de Enfermagem e Reabilitação do paciente.

O dia 21 de setembro foi instituído pela ADI (Alzheimer's Disease International), entidade internacional que congrega mais de 75 Associações de Alzheimer no mundo, como dia de sensibilização para a doença.
Doença de Alzheimer - Enfermidade incurável que se agrava ao longo do tempo, mas pode e deve ser tratada. Quase todas as suas vítimas são pessoas idosas. Talvez, por isso, a doença tenha ficado erroneamente conhecida como “esclerose” ou “caduquice”.
A doença se apresenta como demência, ou perda de funções cognitivas (memória, orientação, atenção e linguagem), causada pela morte de células cerebrais. Quando diagnosticada no início, é possível retardar o seu avanço e ter mais controle sobre os sintomas, garantindo melhor qualidade de vida ao paciente e à família. Seu nome oficial refere-se ao médico Alois Alzheimer, o primeiro a descrever a doença, em 1906.
Causa - Não se sabe por que a Doença de Alzheimer ocorre, mas são conhecidas algumas lesões cerebrais características dessa do…