Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2009

O Perigo do Macarrão Instantaneo

Ele quebra um galho, especialmente para quem não gosta de cozinhar e tem uma vida muito corrida, são apenas três minutos para fazê-lo , só que o seu consumo pode causar vários problemas entre eles o cardíaco, estamos falando do macarrão instantâneo.

A Associação Brasileira de Defesa do Consumidor (Pro Teste) testou dez marcas do produto e constatou que as quantidades de sódio e gordura estão acima do recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e por outras sociedades médicas.

"Alguns produtos têm cerca de cinco vezes mais gordura do que o macarrão tradicional", atesta a coordenadora institucional da Pro Teste, Maria Inês Dolci. Segundo a coordenadora, estes altos índices são consequência da fritura que o macarrão instantâneo é submetido para que possa ser cozido rapidamente depois. "Os valores de gordura e de sódio estão diferentes do informado no rótulo", explicou.

A pesquisa mostrou que alguns produtos contêm mais do que o dobro da quantidade de sódio recome…

Alimentos e seus Riscos a Saúde

Muitos acham que as doenças transmitidas por alimentos só ocorrem no verão, isso é um engano, pois essas podem ocorrer em qualquer época do ano causando: falta de apetite, náuseas, vômitos, diarréia, dores abdominais e febre, além da possibilidade de atingirem o fígado (hepatite A) e as terminações nervosas periféricas (botulismo). Pesquisas mostram que há um registro médio de 665 surtos por ano no Brasil, com 13 mil doentes, de acordo com o Ministério da Saúde.

Por isso gente, é importante ficar atento à alimentação. Alguns hábitos simples ajudam na prevenção, como: lavar bem as mãos com água e sabão antes de preparar as refeições, verificar se os utensílios da cozinha estão limpos, checar o prazo de validade dos produtos, lavar bem os alimentos e produtos, porque muitas pessoas não tem por hábito lavar ou simplesmente limpar latas ao chegar em casa. Vamos ficar de olho...

Estudos mostram

Entre os produtos que mais provocaram problemas no País, segundo a Secretaria de Vigilância em Saúd…

Lei Maria da Penha em Perigo

A Lei Maria da Penha (Lei 11.340/06) comemora três anos sob grave ameaça, segundo alerta a coordenadora da bancada feminina, deputada Alice Portugal (PCdoB-BA). O maior entrave parte do Projeto de Lei do Senado (PLS) 156/09, que reforma o Código de Processo Penal e revoga quase toda a parte específica sobre proteção da mulher. Também são apontadas como questões cruciais para a sobrevivência da lei as ações que questionam, no Supremo Tribunal Federal (STF) e no Superior Tribunal de Justiça (STJ), a constitucionalidade da legislação e seus procedimentos.

Além da batalha pela não aprovação do PLS 156/09 da forma como está, as ações neste ano, segundo Alice Portugal, devem se concentrar na criação das varas especiais da mulher em todo o País. Ela informou que na Bahia já existem 11 dessas varas, mas disse que é preciso haver mobilização para implantá-las em todo os estados. Para a deputada, apesar de a Lei Maria da Penha ter se tornado um paradigma internacional de combate à violência cont…

Obesidade na infância

A obesidade abdominal nas crianças é um factor indiciador de um maior risco de doença cardíaca, à semelhança do que acontece com os adultos, refere um estudo publicado no “International Journal of Pediatric Obesity”.
Investigadores do Medical College of Georgia, nos EUA, avaliaram 188 crianças, aparentemente saudáveis, com idades compreendidas entre os sete e os 11 anos. Trinta e cinco crianças sofriam de obesidade mórbida e 119 apresentavam uma circunferência abdominal superior ao percentil 90 para crianças da sua idade e sexo.
Segundo os resultados, em comparação com crianças com um perímetro abdominal normal, as que apresentavam uma maior concentração de gordura na zona abdominal eram 27 vezes mais propensas a terem obesidade mórbida, tinham 3,6 vezes mais riscos de apresentarem baixos níveis de bom colesterol (HDL) e o triplo da probabilidade de terem altos níveis de triglicéridos. O risco de apresentarem altos níveis de insulina em jejum era também 3,7 vezes maior.
De acordo com os …

Você sabia?

Pipoca pode evitar o câncer por ser rica em polifenóis, substâncias antioxidantes que têm potencial para diminuir o risco de doenças crônicas degenerativas, a pipoca pode ser uma aliada no combate ao câncer e às doenças cardíacas. Ela também é fonte de fibras, que ajudam no equilíbrio do sistema digestivo.

Porém, mesmo com esses benefícios é importante ter cuidado com os excessos. “Se a pipoca for feita com muita gordura e sal ou do tipo doce, os benefícios nutricionais podem ser desconsiderados.

Para que ajude a proteger o organismo, ela deve ser consumida com frequência e ser preparada com pouco sal”, ressalta a nutricionista Simone Rocha, do Conselho Regional de Nutricionistas do Distrito Federal.

Fonte: Folha Universal

Isso significa que esse prazer da infância faz bem em qualquer idade... Gostoso e saudável. Mas tem de tomar cuidado de como essa pipoca foi feita, pois dependendo do estado de conservação pode causar intoxicação alimentar...

Enxaqueca - A Dor que Maltrata

No início é só uma dor de cabeça, mas que vai aumentando de intensidade rapidamente. E o que parecia uma simples cefaléia é, na verdade, a enxaqueca, síndrome que deixa o portador com fortes dores durante horas ou até dias.

No Brasil, mais de 30 milhões de pessoas sofrem com o problema – cerca de 20% dos brasileiros apresentam a síndrome, mas apenas 3% encontram tratamento eficaz. E muitas ainda tratam a enxaqueca como uma dor de cabeça prolongada. As mulheres são as mais atingidas, numa proporção de três para cada homem.

Muitas pessoas sentem mal-estar, tonteira,veem luzes, sem contar as dores de cabeça latejantes. Dor horrível. Quando chega a crise é tão forte que quem tem relata querer bater com a cabeça na parede. É uma dor que não passa de jeito nenhum. Há pacientes que ambulância tem de buscar em casa, tomam muitos remédios, e no dia seguinte vão para o hospital e ficam no soro.

VÁRIAS CAUSAS

O clínico geral Alexandre Feldman explica que a enxaqueca é um desequilíbrio químico no cér…