Pular para o conteúdo principal

29 de Agosto - Dia Nacional de Combate ao Fumo.




Dia Nacional de Combate ao Fumo reforça proibição de Tabaco em ambientes coletivos

As medidas legislativas implementadas em diversos municípios e estados do país, proibindo a utilização de produtos de tabaco em ambientes coletivos, estão fortalecendo ainda mais as comemorações do Dia Nacional de Combate ao Fumo deste ano.

Em 1986, a lei 7.488 instituiu 29 de agosto como o Dia Nacional de Combate ao Fumo. Todos os anos, o Poder Executivo, através do Ministério da Saúde, promove uma campanha de âmbito nacional, visando alertar a população para os malefícios advindos do uso do fumo. Essa iniciativa também é praticada em todo mundo no dia 31 de maio, com o "Dia Mundial sem o Tabaco", que movimenta todos os países na luta contra o vício. Considerando que a cada dia, ao menos sete brasileiros morrem por doenças provocadas pela exposição passiva à fumaça do tabaco, no Brasil, o tema: “Quem não fuma não é obrigado a fumar” foi escolhido para a mobilização social deste ano.

A legislação nacional permite o ato de fumar, mas apenas em áreas destinadas exclusivamente a esse fim, devidamente isoladas e com arejamento conveniente. Porém, estes locais destinados a fumantes, contam com prestação de serviços, como em bares e restaurantes, expondo diariamente os trabalhadores destes estabelecimentos aos efeitos tóxicos da fumaça do tabaco. Em recente pesquisa do Instituto Datafolha, que entrevistou 1.992 cidadão de 120 municípios de todas as regiões do Brasil, 88% das pessoas se consideram contrárias ao fumo em locais fechados. Desse total, 77% são
não-fumantes e 23% fumantes.

De acordo com um estudo da American Heart Association (2006), feito com mais de 30 mil mulheres, a exposição constante à fumaça ambiental do tabaco no local de trabalho, ou outros ambientes, aumenta em duas vezes o risco de infarto do miocárdio. Ainda verificou-se que as pessoas que passam 80% do seu tempo em ambientes fechados, ao final do dia, poderão ter respirado o equivalente a 10 cigarros. O tabaco causa pelo menos 200 mil mortes por ano nos locais de trabalho e 2,8% de todos os cânceres de pulmão; principalmente, em pessoas que trabalham nos setores como hotelaria, entretenimento e prestação de serviços.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) considera o tabagismo a principal causa de morte evitável em todo o mundo. A OMS estima que um terço da população mundial adulta (1 bilhão e 200 milhões de pessoas) sejam fumantes. Pesquisas comprovam que aproximadamente 47% de toda a população masculina e 12% da população feminina no mundo fumam.

Leia a matéria completa em:
http://www.ibacbrasil.com


Atenciosamente,
Niandra Ribeiro Marés de Souza

Desde já agradecemos a amiga Niandra por essa colaboração com nosso Blog. Seja você também um de nossos colaboradores.
Envie suas materias para: gesileter@gmail.com e nos ajude a melhorar o Enfermagem Simples a cada dia.

Que Deus abençoe a todos!

Comentários

Liter & Art disse…
Livraria do Independente

Músicos e escritores autônomos e independentes: disponibilizem seu trabalho ao grande público consumidor!

Visitem a livraria criada especialmente para o profissional independente: livrariadoindependente.org

Artesãos também tem espaço garantido na Livraria do Independente.

Vantagens:
- disponível para todos.
- independente de editoras, gravadoras e selos.
- todos podem divulgar seu trabalho 24h por dia/7 dias por semana/365 dias por ano.
- contato direto entre seu público e você.

Aproveite o que é seu!

Estamos abertos à parcerias. Ajude-nos a divulgar este projeto.

http://livrariadoindependente.org

Postagens mais visitadas deste blog

Enfermagem + Idosos = Cuidados

A atuação de enfermeiros junto ao idoso deve estar centrada na educação para a saúde, no “cuidar”, tendo como base o conhecimento do processo de senilidade. Estar em atento ao retorno das possíveis atividades do idoso e de sua capacidade funcional. O objetivo primordial dos enfermeiros é atentar às necessidades básicas, à dependência e ao bem-estar do idoso. Tal colocação tem como base a assistência de enfermagem tanto na saúde quanto na doença.
Todos os profissionais envolvidos neste trabalho de ajuda ao idoso devem atuar, também, junto a seus familiares, apoiando-os nas decisões, ajudando-os a aceitar as alterações físicas advindas de doenças próprias da idade.

Pois , o idoso pode apresentar vários problemas que levam ao comprometimento da sua reabilitação tais como: Desânimo, depressão, crise de choro e idéia de suicídio, muitas vezes observados durante a consulta de enfermagem. É de extrema importância os enfermeiros, nessas situações, serem sensíveis para detectar tais problemas, i…

Alzheimer: Diagnósticos de Enfermagem e Reabilitação do paciente.

O dia 21 de setembro foi instituído pela ADI (Alzheimer's Disease International), entidade internacional que congrega mais de 75 Associações de Alzheimer no mundo, como dia de sensibilização para a doença.
Doença de Alzheimer - Enfermidade incurável que se agrava ao longo do tempo, mas pode e deve ser tratada. Quase todas as suas vítimas são pessoas idosas. Talvez, por isso, a doença tenha ficado erroneamente conhecida como “esclerose” ou “caduquice”.
A doença se apresenta como demência, ou perda de funções cognitivas (memória, orientação, atenção e linguagem), causada pela morte de células cerebrais. Quando diagnosticada no início, é possível retardar o seu avanço e ter mais controle sobre os sintomas, garantindo melhor qualidade de vida ao paciente e à família. Seu nome oficial refere-se ao médico Alois Alzheimer, o primeiro a descrever a doença, em 1906.
Causa - Não se sabe por que a Doença de Alzheimer ocorre, mas são conhecidas algumas lesões cerebrais características dessa do…

Enfermeiro gay é morto na frente da filha.

Na semana passada, um enfermeiro foi morto a golpes de faca dentro de casa na frente da filha de um ano em São Gonçalo, região metropolitana do Rio. Antes de morrer, a vítima chegou a contar que teve a casa invadida por um homem encapuzado.
Jorge Patrício de Araújo, de 37 anos, que era casado com um homem, havia acabado de adotar a criança. Para os amigos, o crime foi motivado por homofobia.
A DH (Divisão de Homicídios) de Niterói investiga o caso.